quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Monopólio Católico?


ASSEMBLEIA CONTRA ACORDO CATÓLICO

Silas Malafia e Jabes Alencar enviam manifesto ao governo Lula

Por: Redação Creio

O Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (Cimeb), presidida pelo pastor Jabes Alencar e a Associação Vitória em Cristo, do pastor Silas Malafaia, publicaram ontem, 26, um manifesto em alguns dos grandes jornais do país, como o Estado de S. Paulo e O Globo. Segundo o documento divulgado, o manifesto é pelo reconhecimento do estatuto jurídico da Igreja Católica. O principal ponto abordado foi a prioridade dada pela Câmara dos Deputados, que segundo o Cimeb, desprezou assuntos relevantes para o povo como um geral.

Confira abaixo o documento publicado no estado de São Paulo e no O Globo:

Manifesto a nação: Governo Brasileiro faz acordo com Igreja Católica em detrimento de todos os outros credos religiosos.

O governo brasileiro enviou a Câmara dos Deputados a mensagem 134/2009 que reconhece o estatuto jurídico da Igreja Católica. Após a mensagem ser apreciada em uma das comissões para qual foi enviada, seja aprovada ou não, transforma-se em projeto de decreto legislativo, recebendo o nº 1736/2009. No plenário, a Câmara, a pedido dos líderes partidários, foi aprovada a carátr de apreciação urgente, urgentíssimo.

Com muito respeito aos senhores deputados, seráque não existe, matérias mais relevantes a serem discutidas de maneira urgente em benefício de todo o povo brasileiro? Isto é um absurdo! Na verdade, este acordo beneficia a Igreja Católica na evangelização do povo brasileiro nos diversos segmentos da sociedade, incluindo hospitais, escolas e até forças armadas.

O mais grave é que este acordo contraria o inciso 1º do artigo 19 da Constituição Federal Brasileira, que diz: “É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos municípios – Estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhe a funcionamento ou manter com eles os seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvadas na forma da lei, a colaboração do interesse público”.

A nossa nação não pode firmar aliança com qualquer credo religioso, ferindo a da princípio da laicidade, inclusive com a quebra da isonomia nacional! Aproximadamente 70 milhões de brasileiros, que não são católicos, estão sendo discriminados. Temos convicção de que a maioria do povo católico não concorda com um absurdo desta grandeza, porque são pessoas democráticas.

Com a aprovação desse acordo ficará a Santa Sé, por meio da CNBB, com plenas condições de fechar vários outros acordos com o governo brasileiro, sem que jamais tenham de passar pelo Congresso Nacional. É um verdadeiro “cheque em branco’ para a Igreja Católica. Isso é uma vergonha!

Senhores Deputados,não aprovem este acordo. Fiquem certos de que não mediremos esforços para informar a todos os credos religiosos quem são os deputados que votaram a favor deste acordo discriminatório.

Estendemos o eco da voz deste manifesto ao Senado da República, próxima casa legislativa que terá de apreciar o resultado apurada pela Câmara dos Deputados.

Tenham absoluta certeza que não temos memória curta e que vamos pensar muito bem em quem vamos votar nas próximas eleições para deputado, senador e presidente da república.

Em favor do Estado Laico, diga não ao PDC 1736/2009

Assinado: Associação Vitória em Cristo


Cimeb- Conselho Interdenaminacional de Pastores do Brasil

Fonte: www.creio.com.br

Documento integral: Download

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Briga: Macedo X Marinho - de que lado estão os evangélicos

Lealdade ou integridade? Feliciano defende Macedo

Em seu blog, Marco Feliciano escreve artigo em que comenta a briga entre a Globo e a Record. “O que me causa repúdio“, anota Feliciano, ”é a inércia da nossa classe, os evangélicos. Vejo as pessoas falando mal de líderes, igrejas, costumes, doutrinas, etc. Onde estão os irmãos na hora da acusação? Onde estão os que juraram amor à obra?”.

Diz ainda que: “Você pode não ter simpatia pelo pastor Marco Feliciano, Pr. Silas Malafia, Bp. Edir Macedo, Ap. Estevam, Bp. Sônia Hernandes e o missionário David Miranda. Porém, você não pode acreditar em tudo o que vê ou lê; é preciso apurar todos os fatos“. E mais: “A briga entre Globo e Record é nossa? SIM, pois respinga nos evangélicos”.

Pois bem, caros leitores, façamos uma breve análise de tais afirmações.

Marco Feliciano tem toda razão ao dizer que a emissora Globo reiteradas vezes utilizou-se de suas programações a fim de achincalhar os evangélicos, dando a entender que, de modo geral, o crente é esquizofrênico e todos os pastores e líderes, pilantras. Tem razão ainda ao afirmar que a Globo nunca deu a mesma publicidade às notícias de absolvição de líderes cristãos nos mesmos moldes daquelas dadas às acusatórias. Portanto, ponto para o pregador!

Lealdade ou integridade?

Por outro lado, vale destacar que os evangélicos não são uma classe, como quer o pregador (os cristãos nascidos de novo pelo menos não o são). O vínculo que nos une não é uma causa - como dizia C. S. Lewis - mas sim o amor. Evangélicos não possuem causa, mas propósito. De modo que biblicamente não sou obrigado a defender cegamente determinado líder, pastor ou bispo, pelo simples fato dele se autodenominar como tal; afinal, antes da lealdade vem a integridade, como dizia Charles Colson (citado por César Moisés). Segundo ele, “Integridade vem primeiro”. Isso por uma simples razão: “Lealdade”, disse ele, “não importa o quão admirável seja, pode ser perigosa se investida em uma causa indigna”, contrariamente, integridade não, pois, continuou, “vem do verbo grego integrar, que significa tornar-se unido para formar um todo completo ou perfeito”. Por conseguinte, nossas “ações devem ser coerentes com nossos pensamentos”.

Com efeito, antes de exercitar uma lealdade cega e imbecil em relação a determinado líder evangélico, é preciso preliminarmente verificar se tal pessoa atende aos requisitos da integridade bíblica. Mesmo porque, não fazemos parte de um sindicato, partido político, associação civil ou organização não-governamental, de modo a defender com unhas e dentes os membros de tal instituição, tal qual um buldogue que age pelo impulso em obediência aos comandos do seu proprietário. Não, definitivamente não somos classe, e não seguimos a cartilha de uma entidade! Somos igreja. E como igreja devemos rejeitar o joio e denunciar os lobos devoradores.

Além disso, como afirmei outrora, no caso Silas Malafaia, o problema do cristianismo atual é a reiterada eleição de pastores-ídolos-estrelas, os quais são tratados como se fossem semideuses, perfeitos e intocáveis. Suas pregações são sagradas; seus escritos inerrantes e suas condutas imunes à críticas. Alguns crentes tornam-se seguidores não de Cristo, mas de homens; e quando esses indivíduos tropeçam seus seguidores ficam a ver navios, e sem explicações a apresentar. Não quero anular a autoridade espiritual do líder, e a obediência necessária aos pastores (Hb. 13.17), mas sim afirmar que como cristãos precisamos ter discernimento, sabedoria e inteligência espiritual (Cl. 1.9). Somos compelidos a atentar para a maneira de viver dos nossos líderes espirituais (Hb. 13.7), para que possamos localizar quem são os mercenários (Jo. 10.12), os lobos devoradores vestidos em peles de ovelha (Mt. 7.15), e os pastores que apascentam a si mesmos (Ez. 34.2).

Onde estão os irmãos na hora da acusação?

Marco Feliciano ainda pergunta: “Onde estão os irmãos na hora da acusação? Onde estão os que juraram amor à obra?”. Essa é fácil de responder: “No mesmo lugar em que estávamos no momento em que pastores extorquiam crentes indefesos e de boa fé”.

Fonte: www.comoviveremos.com

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Porque o Peixe é o símbolo do cristianismo?



Curiosidade – Peixe, um símbolo do Cristianismo

Um dos seus símbolos mais conhecidos é aquele peixinho, desenhado de forma muito simples e que, para nós cristãos, identifica os “do caminho”.

Mas de onde veio este símbolo? O que ele de fato significava na sua criação?

Certa feita perguntei a origem dele na escola dominical e obtive algumas respostas interessantes como:

- É porque alguns apóstolos eram pescadores;
- É porque Jesus disse a Pedro que ele seria pescador de homens – [Lucas 10.5] (era o que eu achava antes das aulas de História do Cristianismo no Seminário);
- É por causa da igreja Renascer (essa foi a top);
- E por ai vai…

Na verdade não é nada disso. A igreja primitiva, já no século primeiro, era muito perseguida. Nossos irmãos daquele tempo não podiam sair na rua declarando publicamente “eu sou cristão, aleluia, glória a Deus…”. Isto poderia lhe custar o pescoço. Na verdade isto ainda acontece em alguns países onde a Igreja de Cristo é verdadeiramente perseguida, mas este é assunto para outro post. Diante desta situação, surgiu a necessidade de se criar uma forma secreta de se dizer “eu sou cristão”. Daí surgiu então o famoso peixinho. Desenhar aquele peixinho em algum lugar, talvez na terra do chão, já dizia que você era seguidor do Mestre Jesus.

Mas a pergunta que não quer calar: por quê um peixinho? O peixe na verdade era um acróstico (não sabe o que é um acróstico? Clique aqui).

A palavra “peixe” em grego é “ictos”. Estas cinco letras são as iniciais de uma declaração a respeito do Senhor Jesus: “Jesus Cristo, Filho do Deus, Salvador” (as vírgulas eu que coloquei). Se a língua falada naquele tempo fosse o português, seria algo do tipo:

Jesus
Eterno
Suficiente
Unico
Salvador

Até que ficou legal esse acróstico né? Saiu na hora. (risos). Para quem entende um pouquinho de grego eu fiz a seguinte imagem que ilustra isto bem:

Agora você já sabe que aquele adesivo no seu carro tem um significado teológico (Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador).

Fonte: Aprendiz de teólogo

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Boas noticias sobre a Gripe A(H1N1)

Depois de registrar mais de 100 mortes em todo o país, principalmente entre os meses de junho e julho, especialistas na área de saúde acreditam que o número de óbitos por influenza A (H1N1) - gripe suína diminuirá daqui para a frente. Segundo eles, médicos e autoridades sanitárias foram inicialmente surpreendidos pela doença, mas agora começou-se a entender melhor o vírus e a reconhecer os grupos de pessoas mais vulneráveis.

Segundo o chefe do Departamento de Virologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Davis Ferreira, no começo muitos médicos tratavam pacientes com a influenza A como se estivessem infectados com a gripe comum. Algumas dessas pessoas, por se tratar de grupos mais vulneráveis à nova doença, como as grávidas, acabaram morrendo.

“Agora, o que está acontecendo é que as pessoas de ‘grupos de risco’ estão sendo tratadas de forma especial. Então, eu acho que as medidas estão acertadas agora. O ‘grupo de risco’ tem que ser olhado com bastante carinho. Essas pessoas não podem voltar para casa se tiverem com sintoma de gripe, devido à alta incidência de pneumonia. E, com essas pessoas sendo bem orientadas e bem cuidadas, acredito que podemos diminuir muito o número de óbitos por essa gripe”, disse Ferreira.

O coordenador da Comissão de Saúde Pública do Conselho Regional de Medicina do Rio (Cremerj), Pablo Vazquez, concorda que os médicos não estavam bem orientados para tratar a nova gripe e que agora eles estão melhor preparados para lidar com a doença.

Vasquez acredita que tanto um atendimento melhor quanto o fim do inverno, que ocorrerá em setembro, devem provocar a redução do número de mortes e de casos da gripe suína no país. “Acho que as medidas organizadas pela saúde pública devem ser o principal motivo [para essa queda de mortes esperada], mas, sem dúvida, não há como negar que a saída da temporada de temperaturas mais baixas estimula o recuo da doença”, disse.

O coordenador do Cremerj alerta, no entanto, que a gripe suína ainda não é completamente conhecida dos médicos e especialistas - ou seja, ainda há muito o que descobrir sobre essa doença.

“A gente está criando consensos em relação a uma doença sobre a qual ainda temos pouca fundamentação científica. Por isso, ainda não há um protocolo totalmente estabelecido. Por conta disso, as orientações estão sofrendo mudanças”, afirmou.

Fonte: Agência Brasil

domingo, 9 de agosto de 2009

Podcast: Todo dia existe Deus

Reflita 09/08/09

"Se seus líderes vos dizem: 'Vejam, o Reino está no céu', então saibam que os pássaros do céu os precederão, pois já vivem no céu. Se lhes disserem: Está no mar, então o peixe os precederá pelo mesmo motivo. Antes, descubram que o Reino está dentro de vós, e também fora de vós. Apenas quando vós se conhecerem, poderão ser conhecidos, e então compreenderão que todos são filhos do Pai vivo. Mas se vos não se conhecerem a si mesmos, então viverão na pobreza e serão a pobreza."

sábado, 1 de agosto de 2009

Podcast: O mundanismo

Psicóloga é punida por oferecer cura para homossexualidade

Ela infringiu resolução de Conselho que afirma que homossexualidade ‘não constitui doença, nem distúrbio’

Agência Brasil

//

BRASÍLIA - O Conselho Federal de Psicologia (CFP) decidiu nesta sexta-feira, 31, aplicar uma censura pública à psicóloga carioca Rosângela Alves Justino, que oferecia terapia para curar o homossexualidade masculina e feminina. Ela infringiu resolução do CFP, de 22 de março de 1999, na qual a entidade afirma que a homossexualidade “não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão”.

O CFP manteve a punição que tinha sido aplicada à psicóloga pelo Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro. O presidente do CFP, Humberto Verona, explicou que a entidade não poderia agravar a punição, aplicando uma suspensão ou cassação do registro profissional, pelo fato de a própria psicóloga ter recorrido ao conselho.

Nosso Comentário:

Você já viu alguém processar um médico por fazer uma lipoaspiração, tirar rugas ou aplicar botox? Não é o caso aqui? A psicóloga ela está ajudando quem não se sente bem em ser homossexual! Qual o problema? Vamos processar cirurgiões plásticos, Esteticistas, etc. O princípio é o mesmo. Abaixo a ditadura Gay!!

BUSCADOR EVANGÉLICO – pesquise notícias, sites, mensagens, eventos, músicas gospel, ferramentas de estudo e ensino bíblico, bíblias eletrônicas, doutrinas, bibliotecas, história, referências, downloads

Pesquisa On-Line

Pesquise na Bíblia
Ex.: graça - Ex.: Gen 1.1-10

Citações

Vida Cristã

"Esperança é Fé no futuro do indicativo = ACONTECERÁ"

A Excelência

"Somos o que repetidamente fazemos. Portanto a excelência não é um feito, é um hábito" Aristóteles

Vida Cristã

"Fé é a ação da Palavra. Medo é a hesitação".

Principios de Sucesso

  1. Pensamento (Prosseco mental)
  2. Sonho (Por Vezes utópico)
  3. Visão (delimita e trona prático)
  4. Ação (concretizando)
  5. Hábito (Esforço e continuidade)
  6. Caráter (Assimilado através de bons hábitos)
  7. Destino (Realização do projeto)

Pr. Silas Malafaia


Sobre Pessoas

" As pessoas que menos fazem, são as que mais criticam"

Gilson R. Abreu.

A lei do Reconhecimento

" O que não é reconhecido, é desprezado. Tudo o que é desprezado é ingratidão"

Gilson R. Abreu.

O jeito de falar

"As palavras de baixo calão, surgem quando faltam argumentos"

Gilson R. de Abreu.

Campeões

" Campeões são aqueles que fazem com intensidade, aquilo que as pessoas comuns fazem rotineiramente"

Pessoas e fracassos

Há quatro tipos de pessoas que irão fracassar:

  1. Insensíveis
  2. insensatas
  3. desatentas
  4. desanimadas

Tempo de Conversão

"Eu só sei que estou convertido quando o velho homen, passa ser um estranho para mim"

Gilson R. de Abreu

O problema do Mundo

"O inferno são os outros"

Jean Paul Sartre