terça-feira, 26 de maio de 2009

Entendendo o sofrimento


Reflexão sobre o sofrimento Cristão

Nos dias atuais se propaga a idéia que, todo sofrimento, de alguma forma é maligno e só traz malefícios à alma. Será que está visão é correta? Se nos focarmos na igreja primitiva, podemos ver que o sofrimento era acompanhando de um grande sinal, das palavras proféticas: “...no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo”. ( João 16:33). O próprio Mestre nos alertou que o sofrimento em alguma medida, faria parte do cotidiano dos cristãos. Sofrimento pode ser uma característica da vida de um crente, e nem sempre está vinculado a alguma falta ou pecado (Jesus padeceu muito, em sua vida embora não tivesse pecado ou falta). Tendo discernimento espiritual podemos saber que as vezes algumas lutas, que enfrentamos pode ser um “sinal” que Deus, nos aceita em seu reino e quando padecemos por alguma causa cristã, ao invés de lamentarmos e achar que existe um castigo divino por trás desta provação, glorifiquemos ao nosso Salvador pois ele assim, também sofreu e como ele pela morte e pela vida seremos aprovados como bons soldados, já que militamos com valentia no “front”, pela causa cristã. Temos a certeza, se foi Ele que nos enviou a recompensa virá em momento oportuno, quer seja aqui na vida terrena ou ainda melhor na vindoura eterna. Se Deus tirasse o sofrimento sempre que pedíssemos, nós o seguiríamos pelo conforto e pela conveniência, e não por amor e devoção. Apesar das razões de nossos sofrimentos, Jesus tem o poder de nos ajudar a lidar com ele. Quando você sofre de uma doença, uma tragédia ou uma deficiência, tente não perguntar "Porque que isso aconteceu comigo?" ou "O que que eu fiz de errado?" Ao invés disso, peça a Deus para que Ele te dê força para continuar e uma perspectiva mais clara sobre o que esta acontecendo.

Outra característica do sofrimento, é o aprimoramento do nosso caráter e de algum modo o quebrantamento do coração. Sim o nosso caráter é aperfeiçoado em meio as lutas e tribulações, como o aço para ter a consistência firme, precisa ser refinado no forno. Paulo, um dos maiores líderes cristãos, teve sua personalidade, aprimorada com os sofrimentos pelo amor do evangelho. Algumas das possibilidades que podem ser aprimoradas em meio ao sofrimento: Obediência, paciência, fé, respeito, confiança, etc... Ainda levemos em questão que após algum intérpério nos abater, seremos muito mais sensíveis ao sofrimento alheio e o nosso apoio é respeitado. Paulo exergou essa verdade, e escreveu a igreja de Corínto: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda consolação, que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados de Deus”2Co 1:3-4.

Nos dias atuais há uma certa diferença, entre a igreja antiga pois as ameaças de morte já não soam tão fortes, mas mesmo assim a outras áreas que nos levam a sofrer e lutar pelo amor do evangelho: Dissensões, invejas, apostasias, heresias, o mundanismo, entre tantos outros “fronts”, que devemos batalhar, sofrer com olhos fixos nEle, esperando em hora oportuna a recompensa, e a consolação. Pois se padecermos por Ele, por Ele seremos glorificados. (Mateus 5:4)

Gilroab@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Achou interessante? Então comente!

BUSCADOR EVANGÉLICO – pesquise notícias, sites, mensagens, eventos, músicas gospel, ferramentas de estudo e ensino bíblico, bíblias eletrônicas, doutrinas, bibliotecas, história, referências, downloads

Pesquisa On-Line

Pesquise na Bíblia
Ex.: graça - Ex.: Gen 1.1-10

Citações

Vida Cristã

"Esperança é Fé no futuro do indicativo = ACONTECERÁ"

A Excelência

"Somos o que repetidamente fazemos. Portanto a excelência não é um feito, é um hábito" Aristóteles

Vida Cristã

"Fé é a ação da Palavra. Medo é a hesitação".

Principios de Sucesso

  1. Pensamento (Prosseco mental)
  2. Sonho (Por Vezes utópico)
  3. Visão (delimita e trona prático)
  4. Ação (concretizando)
  5. Hábito (Esforço e continuidade)
  6. Caráter (Assimilado através de bons hábitos)
  7. Destino (Realização do projeto)

Pr. Silas Malafaia


Sobre Pessoas

" As pessoas que menos fazem, são as que mais criticam"

Gilson R. Abreu.

A lei do Reconhecimento

" O que não é reconhecido, é desprezado. Tudo o que é desprezado é ingratidão"

Gilson R. Abreu.

O jeito de falar

"As palavras de baixo calão, surgem quando faltam argumentos"

Gilson R. de Abreu.

Campeões

" Campeões são aqueles que fazem com intensidade, aquilo que as pessoas comuns fazem rotineiramente"

Pessoas e fracassos

Há quatro tipos de pessoas que irão fracassar:

  1. Insensíveis
  2. insensatas
  3. desatentas
  4. desanimadas

Tempo de Conversão

"Eu só sei que estou convertido quando o velho homen, passa ser um estranho para mim"

Gilson R. de Abreu

O problema do Mundo

"O inferno são os outros"

Jean Paul Sartre